quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Jardinete Sebastiana Siqueira de Almeida (D. Pina) - Água Verde - Curitiba

Jardinete Sebastiana Siqueira de Almeida
* R. Guilherme Pugsley - Lei nº 422, de 22/12/1951 X 
* R. Marquês do Paraná - Lei nº 1359, de 29/12/1956
815 m2
Água Verde
JARDINETE SIQUEIRA DE
ALMEIDA (D. PINA)

Luz preciosa,
envolvida de generosidade,
ensinou aprendendo na
plenitude da humildade.

Curitiba, janeiro de 2009

Prefeito Municipal de Curitiba

* Sempre que posso publico informações dos demais biografados envolvidos nos logradouros públicos. No caso, os senhores Guilherme Pugsley  (com informações genealógicas do Facebook) e Marquês do Paraná, com informações da Wikipédia e Gazeta do Povo:

- Guilherme Pugsley - (William George Pugsley): Nascido em 25/12/1866 na Inglaterra e falecido e m 1º/5/1951, em Curitiba. 
Filho de Edila Odete Samways Pugsley Osty e de Orlando Dalledone Osty. 
Casou-se em 06/01/1890 com Suzan Charlott Samways, (12/06/1870 - Inglaterra - 23/05/1948 - Curitiba). 
Tiveram quatorze filhos. 
Construiu uma grande casa no Bigorrilho tendo ao lado sua oficina de ferreiro, situadas na Av. Cândido Hartmann, próximo à Praça Ucrânia.

Genealogia Pugsley e Samways:
https://www.facebook.com/pugsleysamwaysgenealogia/posts/570383653029724


Marquês do ParanáHonório Hermeto Carneiro Leão,  (São Carlos do Jacuí, 11 de janeiro de 1801 – Rio de Janeiro, 3 de setembro de 1856) foi um político, diplomata e magistrado brasileiro.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hon%C3%B3rio_Hermeto_Carneiro_Le%C3%A3o


Conheça a história do polêmico Marquês do Paraná... 
que nunca pisou no Paraná

"O mineiro Honório Hermeto Carneiro Leão ganhou o título de Marquês do Paraná sem nunca ter pisado no território paranaense. Incestuoso, a favor da pena de morte e da escravidão, ainda pairava sobre ele a suspeita de enriquecimento ilícito. Grande parte de sua vida pública foi construída na sede da Corte imperial brasileira, no Rio de Janeiro. Membro do Partido Conservador, ocupou cargos como o de “primeiro-ministro”, ministro da Justiça e da Fazenda, senador vitalício e presidente provincial." (...)

Não sei como foram dar o nome dele a um logradouro público de Curitiba... 
Gazeta do Povo:

Situa-se próximo do: 
- Jardinete Luiz Carlos Ribeiro:
http://familiapetroski.blogspot.com.br/2016/12/jardinete-luiz-carlos-ribeiro-agua.html

- Museu de Arte Indígena - MAI:
http://familiapetroski.blogspot.com.br/2016/12/museu-de-arte-indigena-agua-verde.html

"Lei n.º 11.132, de 02/09/2004:
A CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei:
Art. 1°. É denominado de SEBASTIANA SIQUEIRA DE ALMEIDA, um dos logradouros públicos da Capital, ainda não nominado.
Art. 2°. Esta lei entra em vigor na data da publicação.
PALÁCIO 29 DE MARÇO, em 02 de setembro de 2004.

PREFEITO MUNICIPAL"
Fotografado em quatorze de dezembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário