quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Jardinete Profª Egypcialinda Velloso Parigot de Souza - Bigorrilho - Curitiba


 Jardinete Egypcialinda Velloso Parigot de Souza (Profª)
* Av. Cândido Hartmann X 
* R. Pedro Nolasco Pizzatto X 
* R. Doutor Álvaro Albuquerque
609 m2
Bigorrilho



JARDINETE
PROFESSORA EGYPCIALINDA
VELLOSO PARIGOT DE SOUZA 
(1914 - 2005)

Curitibana que se destacou como professora e,
nos anos 70, primeira-dama do Estado do Paraná.
Criou a Feira das Nações, com produtos do mundo todo e
renda revertida aos doentes de câncer.
Discreta e eficiente, dotada de luz própria, soube
apoiar o marido governador para grandes transformações
no Estado, como a criação da Copel.
À sua memória, a homenagem dos curitibanos.

Curitiba, 25 de abril de 2008

Prefeito Municipal de Curitiba
Egypcialinda Velloso Parigot de Souza nasceu em 1914. 
Durante boa parte de sua vida, trabalhou como professora normalista até aposentar-se.

Em 1937, casou-se com Pedro Viriato Parigot de Souza, com quem teve quatro filhos.

O cargo de primeira-dama veio de maneira inesperada, em 1971. O governador indicado pelo regime militar, Haroldo Leon Peres (carioca, mas radicado em Maringá) se viu forçado a renunciar depois de um escândalo envolvendo denúncias de corrupção.

Parigot de Souza, que era o vice, assumiu o governo. Entre as contribuições da primeira-dama, talvez a mais famosa seja a criação da Feira das Bandeiras. Nela, cidadãos de diversos países traziam produtos típicos de suas nações que eram quase desconhecidos dos brasileiros na época. 

Os recursos eram doados para a Liga Paranaense de Combate ao Câncer. Participou, ao lado do marido, de um período de grandes transformações do Paraná, entre elas a criação da Copel. Desde 1973, quando ficou viúva, criou um culto pessoal ao ex-governador. Faleceu no dia 2 de janeiro de 2005.

Lei nº 11.475, de 16 de agosto de 2006.
Fonte: Câmara Municipal de Curitiba. 

* Av. Cândido Hartmann: Cândido Hartmann nasceu em 14 de abril de 1870, em Curitiba.
Chegou ao Bigorrilho em 1898, onde montou um pequeno botequim. Foi um dos fundadores da Sociedade 21 de Abril. Faleceu em 22 de janeiro de 1951.
Fonte: Coleção Bairros de Curitiba - Eduardo Emílio Fenianos.
* Rua Pedro N. Pizzato:
"Nascido em Araucária em 31 de janeiro de 1885, Pedro Nolasco Pizzatto era filho de Bortolo Pizzato e de D. Maria Malucelli, ambos italianos.

Como era uso geral na época de sua meninice, Pedro só estudou o primário, porém com tal aproveitamento, que chegou a gerir suas indústrias.

Trabalhador, dotado de grande vontade de vencer, em 31/01/1918 funda a empresa Pedro N. Pizzato em Vargem Grande, município de São Mateus do Sul. 

Montou, inclusive, uma linha de navegação fluvial para transporte de madeira serrada.
Cinco anos mais tarde, inaugurou outra serraria em S. Pedro, município de Palmas (General Carneiro, atualmente). Posteriormente, essa serraria fora transformada em Fábrica de Lâminas e Compensados. 

Em 1940, mudou-se para a capital, a fim de melhor atender à educação dos filhos.

Honesto, capaz e humano, exerceu com dedicação os cargos de: Tesoureiro da Legião Brasileira de Assistência; Conselheiro da Sociedade de Socorro aos Necessitados; Vereador; fundador e membro da diretoria da Atalaia Companhia de Seguros Contra Acidentes de Trabalho; fundador e membro da Paraná Companhia de Seguros; membro da diretoria da Associação Comercial do Paraná; membro do Conselho Diretor do Rotary Club de Curitiba; Presidente do Coritiba
Foot Ball Club."

Faleceu em Curitiba.

Fonte: Alma das Ruas - Maria Nicolas.

* Rua Dr. Álvaro Albuquerque: nasceu no dia 21 de abril de 1889 na cidade de Castro. Foi Delegado do Ministério Público no Estado do Paraná. Faleceu no dia 13 de setembro de 1969, em Curitiba.
Fonte: Coleção Bairros de Curitiba - Eduardo Emílio Fenianos.





Ao lado do Farol do Saber Emílio de Menezes.


Fotografado em dezessete de dezembro de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário